Edmilsonpsol
Portal do deputado federal Edmilson Rodrigues | psol

152 anos da biblioteca do Grêmio Literário Português. Emenda de Edmilson ajuda no restauro do acervo

7 de setembro de 2019
Visita do deputado Edmilson, no dia 13 de fevereiro, na biblioteca Fran Paxeco, no centro de Belém.  Foto: Tarso Sarraf

Uma das bibliotecas mais antigas e que concentra grande parte do acervo de documentos e livros sobre a história do Pará e da vida dos imigrantes portugueses na Amazônia, a Biblioteca Fran Paxeco, do Grêmio Literário e Recreativo Português, completa 152 anos.

Fundada em 29 de setembro de 1867, em Belém, a Biblioteca Fran Paxeco possui cerca de 40 mil livros, incluindo 360 títulos e 480 livros raros datados dos séculos XVI ao XVIII, incluindo os primeiros exemplares feitos com o surgimento da imprensa, com páginas em tecido, a partir do ano de 1528 (portanto, mais antigo do que a fundação da cidade de Belém, em 1600). Ainda, reúne a documentação alfandegária e consular sobre a movimentação dos portugueses que foram residir no Pará. Além do valor histórico, o acervo tem valor literário mundial, como as coleções nos idiomas francês e inglês e a coleção camiliana, considerada a mais completa da América Latina.

Visita do deputado Edmilson, no dia 13 de fevereiro, na biblioteca Fran Paxeco, no centro de Belém.  Foto: Tarso Sarraf

A biblioteca foi o 5º “gabinete literário” – como era chamado – criado pela comunidade lusitana no Brasil, ou seja, um dos mais antigos do país. Os imigrantes se reuniam para juntar os acervos pessoais e capitar mais publicações, inclusive de jornais europeus, com a finalidade de difundir o conhecimento entre si e também para os filhos. A biblioteca foi instalada em um prédio hoje tombado pelo patrimônio histórico, no centro comercialda capital paraense. O local serviu de ponto de encontro para a elite dos tempos áureos do Ciclo da Borracha. Mais tarde, a biblioteca passou a se chamar Fran Paxeco em homenagem ao cônsul de Portugal no Maranhão e no Pará.

Atualmente, está em curso na Biblioteca Fran Paxeco o projeto de inventário, higienização e acondicionamento do acervo, que foi viabilizado por meio de uma emenda parlamentar de autoria do deputado Edmilson Rodrigues, no valor de R$ 150 mil, junto ao Ministério da Educação em convênio com o Fórum Landi, da Universidade Federal do Pará (UFPA), sob a coordenação do professor Flávio Nassar, e o acompanhamento mais de perto da restauradora Ethel Valentina Soares.

O último inventário realizado no acervo da biblioteca do Grêmio Português foi há 30 anos, porém, de forma parcial. Naquele período foi depositado um veneno na ala de livros raros com o objetivo de evitar que a ação de insetos causasse perda ao acervo. O uso desse veneno é prejudicial à saúde, o que torna ainda mais delicado o trabalho dos profissionais que estão realizando o levantamento desse acervo.

“Saúdo o aniversário da Biblioteca Fran Paxeco, essa instituição de tamanha relevância ao Pará e ao Brasil, que atrai pesquisadores do mundo inteiro, e com a qual tive a honra de contribuir na condição de parlamentar”, afirmou Edmilson em pronunciamento na Câmara.

Leia também